Ademi PR

Ademi PR

Notícias

21/11/2017
Compartilhe:

LAGUNA: Construtora tem mais projetos sustentáveis do Sul do país

Cada vez mais o setor da construção civil tem papel fundamental para a realização dos objetivos globais de desenvolvimento sustentável. Exemplo desse alinhamento é a  Construtora e Incorporadora Laguna, com sede em Curitiba, empresa do setor com maior número de projetos sustentáveis certificados ou em processo de certificação na Região Sul. Atualmente são quatro projetos certificados pelo Leadership in Energy and Environmental Design (LEED), um empreendimento com pré-certificação no mesmo selo e um em processo de certificação GBC Condomínio.

O diretor-geral da Construtora Laguna, Gabriel Raad, explica que o compromisso da Laguna com a qualidade de vida da cidade e de seus moradores está em cada detalhe dos projetos lançados pela empresa. “A Laguna busca e desenvolve alternativas que contribuam para construções mais sustentáveis. Mais do que ser reconhecida como uma empresa inovadora e atenta às certificações em sustentabilidade como, por exemplo, o selo LEED, entendemos que ser sustentável é abraçar a qualidade de vida de toda a sociedade.”

Escalada no ranking

Raad comenta que a conquista está no planejamento da empresa há quase uma década. “Nós nos preparamos para esse desafio buscando parceiros locais com experiências em outros centros importantes e também fora do país. Projetamos que os próximos lançamentos da Laguna terão certificação reconhecida internacionalmente”. Atualmente os projetos certificados e em processo de certificação são os selos Gold e Silver para o Condomínio Industrial e Logístico São Carlos (SP), a pré-certificação Gold para o LLUM, Gold para o Edifício 2820, Platinum para o escritório Laguna no Edifício 2820 e o ROC Batel em processo de certificação GBC Condomínio, em Curitiba.

Selo verde

A Laguna foi uma das primeiras do Brasil a adotar práticas de sustentabilidade no planejamento de suas obras, seguindo o padrão construtivo estabelecido pelo LEED, o mais importante selo verde de certificação e orientação ambiental para edificações, presente em 143 países. No LLLUM Batel, empreendimento da Laguna em Curitiba, primeiro empreendimento pré-certificado LEED Gold no Brasil, os apartamentos são planejados para gerar uma economia de até 80 litros de água por dia.  “Em comparação ao padrão construtivo estabelecido pela norma brasileira de desempenho de edificações (NBR 15 575), as residências consumirão 25% menos energia, e no condomínio o consumo será 35% menor. Além disso, os ambientes serão 59,2% mais confortáveis termicamente”, explica do diretor de Incorporação, André Marin.

Curitiba Verde

No ano passado, a capital paranaense foi indicada como a cidade mais verde da América Latina. O relatório Green City Index (Índice Verde de Cidades), realizado pela Siemens com a Economist Intelligence Unit, considera oito pontos de sustentabilidade em cada cidade. As categorias avaliadas pela pesquisa são: água, construções verdes, energia e emissões de CO2, gestão de resíduos, governança ambiental global, opções de transporte, qualidade do ar e saneamento.

 

Cenário no Brasil

Atualmente, o Brasil encontra-se entre os “top 5”, em um ranking de mais de 160 países, na Certificação LEED – sistema de classificação de green building mais utilizado e amplamente reconhecido no mundo. O setor residencial também está se movimentando em matéria de construção sustentável. As novas Certificações GBC Casa e Condomínio contam com 6 projetos certificados e 41 em processo de Certificação.

IPTU verde

O fomento à políticas de incentivos governamentais em apoio às construções verdes e comunidades sustentáveis também fazem parte da agenda do GBC Brasil, apoiando iniciativas como o IPTU verde, que já é utilizado em diversas cidades brasileiras, bem como o desconto na contrapartida financeira da outorga onerosa para edificações certificadas e para a quota ambiental, previstos no Novo Zoneamento da cidade de São Paulo.

Compartilhe: