Ademi PR

Blog

Negócios 14/09/2020
Compartilhe:

Construção civil aquece economia e Construtora Pride lança seis novos empreendimentos em Curitiba

A construção civil está apresentando números positivos mesmo em meio a pandemia do novo coronavírus, ao contrário de inúmeros setores. Dados da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), mostram que no primeiro bimestre do ano, os lançamentos de imóveis somaram 6.781 unidades, alta de 34,6% em relação a igual período de 2019. 

As vendas também acompanharam esse movimento, chegando a 19.077 ao fim de fevereiro, avanço de 25,9% frente aos dois primeiros meses do ano anterior.  O crescimento é confirmado também pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção, que estima crescimento de 3% e geração de 150 a 200 mil postos de trabalho na área da Construção Civil. 

Seguindo a tendência de crescimento, a Construtora e Incorporadora Pride lança até dezembro de 2020 seis novos empreendimentos em Curitiba, nos bairros Água Verde, Portão, Tingui, Boa Vista e Centro.

Os prédios contam com infraestrutura como piscina, academias, centros comerciais, espaços kids, lavanderias coletivas, entre outros. Além das comodidades estruturais, a empresa oferece a compra de forma 100% remota, assim que os lançamentos acontecerem. “Sempre estamos buscando as novidades do mercado e implementarmos elas nas obras da Pride. Mesmo nesse momento de crise, tivemos crescimento de mais de 101,1% nos contratos celebrados de forma online. Esses imóveis em Curitiba atendem a um perfil de comprador de médio padrão, que busca determinadas características e que conseguimos atender”, destacou o sócio e diretor de novos negócios, Leonardo Manenti. 

Além da previsão de crescimento do mercado, outro fator que tem atraído os olhares para a construção civil é a redução da Taxa Selic, que chegou a 2%, com expectativas melhorar ainda mais. “A expectativa de fechamento do Produto Interno Bruto da construção brasileira em 2019, com crescimento de 2% na comparação com 2018, nos deu esperança e acreditamos que a crise do setor foi deixada para trás. Por isso, iniciamos um novo ciclo de empreendimentos em Curitiba, Região Metropolitana e outras cidades do interior, com previsões positivas”, comemorou Manenti. 

Compra do imóvel acontece cada vez mais cedo

A arquiteta e sócia da empresa, Bárbara Almeida, destaca que a modalidade studio segue a tendência de mercado que visa atender os jovens e casais sem filhos, que buscam imóveis menores. “O público que busca por esse tipo de imóvel são pessoas mais jovens, casais sem filhos e que querem morar em uma área central, com mais comodidade e praticidade do dia a dia. Além disso, investidores também estão de olho na modalidade de residências mais econômicas e ao mesmo tempo mais rentáveis”, destacou.   

Atividades em meio a pandemia

Com a chegada da pandemia, a Construtora e Incorporadora Pride montou rapidamente toda estrutura necessária para que os funcionários do escritório atuassem em home office. Nos canteiros de obras localizados em Londrina, Fazenda Rio Grande, Ponta Grossa e Curitiba, todas as recomendações estão sendo seguidas. “Colocamos transporte a disposição dos funcionários para que não utilizassem o transporte coletivo, oferecemos kits com máscaras e álcool gel para serem utilizados, adotamos um revezamento para o horário de almoço dos funcionários e aumentamos as rotinas de higiene e limpeza nas obras. Dessa forma, até agora, não registramos nenhum caso confirmado nesses ambientes”, finalizou Leonardo.

Compartilhe:
X