Ademi PR

Ademi PR

Blog

Mercado 04/08/2014
Compartilhe:

Imóveis residenciais novos em Curitiba acumularam valorização de 5,5% no primeiro semestre

O preço médio do metro quadrado privativo na capital paranaense chegou a R$ 5.991,00, em junho. O índice de correção dos studios, lofts e apartamentos de um dormitório foi de 10,7%, quase o dobro da média do mercado.

Os apartamentos residenciais novos ofertados em Curitiba acumularam valorização de 5,5% no primeiro semestre desse ano, chegando a R$ 5.991,00 o preço médio do metro quadrado privativo na cidade. Os dados são de pesquisa realizada pela Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi/PR) em parceria com a BRAIN Bureau de Inteligência Corporativa. Os studios, lofts e apartamentos de um dormitório acumularam a maior alta no período, com reajuste de 10,7%, e valor médio do metro quadrado a R$ 6.718,00. O desempenho, em valores percentuais, foi semelhante ao primeiro semestre do ano passado, em que o preço dos imóveis novos foi atualizado em 5,4%.

Os apartamentos novos de quatro dormitórios tiveram a segunda maior correção do período, de 7,1%, com valor médio do metro quadrado privativo a R$ 8.116,00. Já a variação dos apartamentos de dois e três dormitórios, no primeiro semestre do ano, foi próxima – de 5% e 4,3%, respectivamente – com média do metro quadrado privativo em R$ 5.524,00 e R$ 5.894,00, nessa ordem.

De acordo com o presidente da Ademi/PR, Gustavo Selig, os dados são uma amostra do que o comprador vai encontrar em relação a preços para os imóveis novos que serão apresentados na 23ª Feira de Imóveis do Paraná – 2014, a ser realizada de 27 a 30 de agosto, no Expo Renault Barigui, pavilhão de exposições do Parque Barigui, em Curitiba.

“O mercado imobiliário em Curitiba cresce com regularidade. O preço dos imóveis não vão baixar, visto que os custos para construir continuam em crescimento na cidade e, consequentemente, isso implica diretamente num acréscimo do valor de venda do bem. Quem quer sair do aluguel, ou mesmo trocar de residência, deve correr contra o relógio, sob o risco de pagar mais caro pela espera. A feira imobiliária, que acontece no fim do mês, é uma ótima oportunidade para o comprador buscar o imóvel do seu estilo e gosto, dentro do seu orçamento”, afirma Selig.

Considerando os últimos 12 meses, tendo junho como mês de referência, o preço dos apartamentos residenciais novos apresentou variação média de 9,8%. No período, as maiores correções foram para os studios, lofts e apartamentos de um dormitório, bem como para os apartamentos de quatro dormitórios, de 12,6% e de 12%, respectivamente. Já os as unidades de três dormitórios foram reajustadas em 11,7% e as de dois dormitórios em 7,1%.

Na variação mensal, os apartamentos residenciais novos foram reajustados em 1,5%. Os apartamentos de quatro dormitórios e os studios, lofts e apartamentos de um dormitório tiveram correções semelhantes – de 2,3% e de 2,2%, respectivamente – seguidos dos imóveis novos de dois dormitórios (1,6%) e de três dormitórios (1,1%). O levantamento da Ademi/PR contou com uma amostra de 348 empreendimentos e 12.238 apartamentos residenciais novos (na planta, em construção ou concluídos), à venda por construtoras, incorporadoras e imobiliárias, em Curitiba.

Bairros – Considerando o valor dos imóveis novos disponíveis para a venda em Curitiba, em junho, o Batel manteve-se na liderança para o maior valor do metro quadrado privativo para studios, lofts e apartamentos de um dormitório, na média de R$ 9.581,00, valor 3,1% maior do que o apurado em maio para a tipologia na região. Em relação aos apartamentos de dois dormitórios, o bairro desbancou o São Francisco da liderança, com preço médio do metro quadrado privativo de R$ 11.541,00. O Batel também mantém-se na dianteira quanto aos valores para as unidades novas de três dormitórios, com metro quadrado privativo de R$ 9.050,00, em média. Entre os imóveis novos com quatro dormitórios, o Ecoville permanece na liderança, com o valor médio do metro quadrado privativo a R$ 8.979,00.

Compartilhe:
X