Ademi PR

Ademi PR

Blog

Mercado 03/07/2014
Compartilhe:

Imóveis residenciais novos têm variação mensal média de 0,1% em maio, em Curitiba

Apartamentos de quatro dormitórios puxaram a alta, com reajuste de 1,6% e preço médio do metro quadrado privativo a quase R$ 8 mil.

Os apartamentos residenciais novos ofertados em Curitiba tiveram variação mensal de preço de 0,1% em maio, chegando a R$ 5.901,65 o valor médio do metro quadrado privativo. Os dados são de pesquisa mensal realizada pela Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi/PR) em parceria com a BRAIN Bureau de Inteligência Corporativa. Os apartamentos de quatro dormitórios puxaram a alta, com reajuste de 1,6% no comparativo entre os meses, chegando a R$ 7.929,00 a média do metro quadrado privativo.

O preço dos studios, lofts e apartamentos de um dormitório voltou a subir e teve a segunda maior correção, de 0,7%, com média do metro quadrado privativo a R$ 6.575,00. As unidades de três dormitórios foram atualizadas em 0,4%, com metro quadrado privativo a R$ 5.829,00, em média. Já o preço dos apartamentos de dois dormitórios ficou estável, com valor médio do metro quadrado privativo a R$ 5.438,00.

“A estabilidade em algumas tipologias está relacionada ao fato de que, no mês, as unidades com valores mais elevados foram vendidas, o que resultou num ajuste do preço médio do metro quadrado privativo para as unidades em estoque. O levantamento também mostra que o segmento de luxo continua aquecido na cidade, em termos de novos empreendimentos”, explica o diretor de Pesquisa de Mercado da Ademi/PR, Fábio Tadeu Araújo.

Faixas de preço – A pesquisa mostra ainda que, em maio, o preço do metro quadrado privativo variou de R$ 3.331,00 a R$ 10.853,00 para os studios, lofts e apartamentos de um dormitório; de R$ 2.474,00 a R$ 14.400,00 para os apartamentos de dois dormitórios; de R$ 2.615,00 a R$ 13.865,00 para os apartamentos de três dormitórios; e de R$ 5.263,00 a R$ 17.006,00 para os apartamentos de quatro dormitórios. O presidente da Ademi/PR, Gustavo Selig, justifica a variação em função de dois aspectos principais: localização e padrão do empreendimento.

“Quanto mais nobre e próximo à região central for o terreno em que será construído o empreendimento, maior será o custo para sua aquisição. O raciocínio é o mesmo para o padrão da edificação. Quanto mais complexo for o projeto e mais sofisticados os materiais empregados, mais elevadas serão as despesas em materiais e equipamentos, assim como os investimentos em mão de obra, dado o nível de especialização exigido. Ambos os fatores impactam diretamente no preço final do imóvel”, explica Selig.

Acumulado – Considerando os últimos 12 meses, tendo maio como mês de referência, o preço dos apartamentos residenciais novos apresentou variação média de 9,4%. No período, as maiores correções foram para os imóveis de três e quatro dormitórios, de 12,2% e de 10,3%, respectivamente. Já os studios, lofts e unidades de um dormitório foram reajustados em 9,9% e os de dois dormitórios em 6,6%.

No acumulado do ano, até maio, a valorização média dos apartamentos residenciais ficou em 3,9%. Os studios, lofts e apartamentos de um dormitório lideraram o percentual de valorização (8,3%), seguidos dos imóveis novos de dois dormitórios (3,4%), três dormitórios (3,2%) e quatro dormitórios (3,1%). O levantamento da Ademi/PR contou com uma amostra de 343 empreendimentos e 11.922 apartamentos residenciais novos (na planta, em construção ou concluídos), à venda por construtoras, incorporadoras e imobiliárias, em Curitiba.

Bairros – Considerando o valor dos imóveis novos disponíveis para a venda em Curitiba, em maio, o Batel manteve-se na liderança para o maior valor do metro quadrado privativo para studios, lofts e apartamentos de um dormitório, na média de R$ 9.288,00. Em relação aos apartamentos de dois dormitórios, o São Francisco desbancou o Batel da liderança, com preço médio do metro quadrado privativo de R$ 8.213,00. Entretanto, o Batel mantém-se na dianteira para as unidades novas de três dormitórios, com metro quadrado privativo de R$ 9.442,00, em média. Entre os imóveis novos com quatro dormitórios, o Ecoville permanece na liderança, com o valor médio do metro quadrado privativo a R$ 8.798,00.

Compartilhe:
X